Polícia prende chefe de organização criminosa e acha com ele R$ 230 mil em ouro e mais R$ 70 mil escondidos

Equipes em MS cumpriram ao todo 3 mandados de prisão preventiva, além de 9 mandados de busca e apreensão e realizou o sequestro de mais dois veículos. Além do ouro e dinheiro, acharam também maconha.

A Polícia Civil cumpriu três mandados de prisão preventiva, nove mandados de busca e apreensão e ainda realizou a apreensão de dois veículos em Nova Andradina, a 297 km de Campo Grande, nessa quarta-feira (18).

Conforme a investigação da cidade, que contou com apoio de policiais de Brasilândia, Bataguassu, Anaurilândia, Batayporã, Taquarussu e Angélica, durante as buscas domiciliares os policiais apreenderam maconha, documentos que comprovam a lavagem de dinheiro, bem como prenderam uma pessoa com 700 gramas de ouro, avaliadas em R$ 230 mil, e mais R$ 70 mil em espécie, escondido em diversos locais diferentes do imóvel.

De nome Carrasco, a operação recebeu esse nome por ser este o apelido do chefe da organização criminosa e principal alvo. Nos outros locais, a polícia ainda apreendeu maconha e ressaltou que as buscas devem continuar nos próximos dias.

g1/ms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 8 =