Polícia bloqueia R$ 25 milhões em bens de quadrilha que traficava drogas

A Defron(Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), apresentou na tarde desta sexta-feira (3) o balança da Operação El Patrón, deflagrada em Maracaju. Uma casal é apontado como responsável pela quadrilha. Ao todo, serão bloqueados R$ 25 milhões em bens.

Deflagrada nesta manhã, a operação cumpriu 8 mandatos de prisão e contou com o apoio da Delegacia de Ponta Porã, de Anaurilândia, Maracaju, Deleagro, Rio Brilhante, SIG de Nova Andradina e do DOF.

A bem da verdade, foram realizadas 08 prisões, uma vez que indivíduo responsável pela guarda de armas de fogo, foi flagrado com esses artefatos.

Com um casal, que liderava a organização criminosa, foi apreendidas 9 armas de fogo, dentre elas um fuzil marca Ruger, calibre 556, municiado.

Foram apreendidos ainda 9 automóveis, dentre eles 3 carretas.

Conforme a Defron,

fartos elementos comprovaram a traficância de drogas em larga escala da família, acima de 10 toneladas.

Haverá ainda o bloqueio de mais de uma dezena de imóveis registrados em nome de “laranjas”.

Com a identificação desses imóveis registrados em nome de “laranjas”, estima-se que, ao final, além dos R$ 15 milhões em bens já bloqueados, outros R$ 10 milhões serão bloqueados.
Conta bancária de doze pessoas também será bloqueada.

Polícia bloqueia R$ 25 milhões em bens de quadrilha que traficava drogas

douradosagora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − doze =