Ovni filmado em duas cidades de MS é avião militar, afirma especialista – Web MS

Ovni filmado em duas cidades de MS é avião militar, afirma especialista

Força Aérea confirma treinamento na região, porém, não foi taxativo em afirmar se imagem realmente trata-se de avião militar

O registro de um objeto luminoso, ainda não identificado, no céu de duas cidades sul-mato-grossenses continua sendo mistério para moradores. Mas, para especialistas, o caso está resolvido: trata-se de uma aeronave militar que sobrevoava a região de Aquidauana e Anastácio. A conclusão é do ufólogo Ademar José Gevaerd.

 

“Fizemos uma grande análise de início e ficamos tentando descobrir que poderia ser. Chegaram a mencionar que seria lixo espacial, mas são características diferentes. O lixo cai e, o que foi visto era algo horizontal, que deixava rastros com sinalizadores, parecido com o de helicópteros”, revelou Gevaerd.

Vídeos gravados na noite de ontem (15) e madrugada desta quarta-feira (15), mostram um objeto girando no céu com luzes que piscam sem parar e trajetória constante. Alguns moradores alegam ter ouvido até sons semelhantes ao barulho de um avião.

Um dos vídeos foi registrado, por volta das 19h30, numa chácara localizada entre a cidade de Aquidauana e o distrito de Piraputanga – a aproximadamente 135 quilômetros da Capital.

A reportagem entrou em contato com a FAB (Força Aérea Brasileira) que confirmou treinamento na região onde os vídeos foram gravados. Apesar disso, o órgão não é taxativo se as luzes gravadas são de uma aeronave militar.

De acordo com a FAB, as atividades são referentes ao Exercício Operacional Tápio que, desde o dia 23 de abril, movimenta o Estado com a presença de aeronaves militares. Em um cenário fictício, os esquadrões aéreos e unidades de Infantaria do Comando de Preparo executam um conjunto de 16 ações em um contexto operacional de missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas).

Participam do exercício esquadrões aéreos das aviações de Transporte, Caça, Asas Rotativas, Reconhecimento e Busca e Salvamento, além do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento, da Brigada de Defesa Antiaérea e dos Grupos de Defesa Antiaérea. Este ano, a Marinha do Brasil e o Exército Brasileiro também estão envolvidos no exercício

Até amanhã (17), cerca de 600 militares da Força Aérea e 300 das demais Forças realizam ações de Busca e Salvamento em Combate, Apoio Aéreo Aproximado, Lançamento de Paraquedistas e Cargas, Reconhecimento Aéreo, Evacuação Aeromédica, entre outras.

campograndenews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *