Novo pretende lançar candidatos a prefeitos em Campo Grande e Dourados

Candidatos são selecionados por processo seletivo que tem três etapas

O partido Novo pretende lançar candidatos às prefeituras de Campo Grande e Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul e distante 233 quilômetros da Capital, em 2020. Os nomes precisam passar por processo seletivo com três etapas, uma maneira diferente que a legenda implantou para selecionar políticos. 

De acordo com o presidente estadual do partido, Rafael Alves Rosso, a pretensão é ter chapa completa nas duas cidades. “Pretendemos fazer ao menos um vereador nessas duas cidades”.

Em Campo Grande, segundo Rosso, o processo seletivo para vereador e prefeito já estão abertos. “Para prefeito, o processo foi aberto há mais tempo. Já temos seis inscritos, sendo que três ainda estão no processo. Alguns resolveram tentar se candidatar a vereador e outros foram reprovados”, explicou.

Conforme o presidente da sigla, as inscrições para vereador foram abertas recentemente. “Deverão haver muitos interessados, assim esperamos. Em 2018, foram 19 inscritos para deputado federal e apenas cinco candidatos”.

No ano passado, o partido não disputou nenhum cargo majoritário. Dos cinco candidatos, o partido obteve 18.693 votos, sem apoio e sem dinheiro público, uma das regras do Novo.

A legenda comandada nacionalmente pelo ex-presidenciável, João Amoêdo, pretende crescer na cidade, inovando na maneira de escolher seus candidatos. “Nosso produto é ter bom candidato. O partido sempre foi pautado pela meritocracia”, revelou Rafael.

Amoêdo estará em Campo Grande nesta quarta-feira (24), em evento aberto ao público, onde vai ministrar palestra sobre o tema “Perspectivas do partido Novo para as Eleições Municipais em 2020 e Desafios e Resultados Alcançados pelos Mandatários da Legenda em todo o Brasil”.

midiamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + dezoito =