Moro defende isolar chefes de facções e confiscar seus bens – Web MS

Moro defende isolar chefes de facções e confiscar seus bens

Ministro visitou cidade paraguaia na fronteira para discutir parceria no combate ao tráfico.

Em visita a Pedro Juan Caballero, no Paraguai, cidade vizinha a Ponta Porã (MS) na tarde desta segunda-feira (3), o ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro defendeu que é preciso enfraquecer as facções criminosas para combater o crime organizado, a começar pelo poder financeiro dos líderes: “Precisamos isolá-los em presídios de segurança máxima, identificar e confiscar o patrimônio dos chefes do crime”.

Moro ressaltou a parceria entre Brasil e Paraguai no combate ao crime na faixa de fronteira. Reunido com autoridades na sede da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, Moro afirmou que “talvez nunca a relação entre Brasil e Paraguai tenha sido tão boa, com governos empenhados no combate ao tráfico e crime organizado”.

Quando as condições de tempo melhoraram, Moro sobrevoou áreas de plantações de maconha na região. O ministro declarou que o combate ao tráfico deve ser do início ao fim do processo:

“A apreensão de drogas, sejam elas transportadas, armazenadas ou até, em um estágio mais primário, a erradicação dessas plantações de ‘marijuana’, de maconha, faz a diferença, porque além de retirarem as drogas à disposição do mercado, também enfraquecem as finanças desses grupos criminosos que têm sido um flagelo tanto para o Brasil quanto para o Paraguai.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *