Marília Mendonça x Anitta: quem é a maior cantora do Brasil? – Web MS

Marília Mendonça x Anitta: quem é a maior cantora do Brasil?

Sertaneja e funkeira disputam palmo a palmo as primeiras posições do trono de rainha da música nacional

Aos 25 anos, Anitta é uma verdadeira celebridade. Muito mais do que uma simples cantora, ela gera pautas em editorias de moda, beleza, fofocas, comportamento e, na atual conjuntura do país, é cobrada também para se posicionar politicamente (o que, quase sempre, reluta ou ignora).

Como uma Kardashian, monopoliza a mídia para que os principais veículos do país não passem um dia sem falar sobre ela. Bem ou mal. Não importa. Anitta é assunto constante.

Já Marília Mendonça (23) não goza de tamanha exposição. A sertaneja que conseguiu como poucos entender a mulher brasileira do século 21 em letras sobre infidelidade e bebedeiras chega até mesmo a ser discreta em comparação à funkeira. Embora assuntos relacionados à vida dela importem tanto quanto à de Anitta, o brasileiro na verdade está interessado mesmo é em ouvir as “sofrências” da cantora.

Essas particularidades de comportamento entre as duas causam distorções e impressões equivoacadas. Porque enquanto Anitta domina a imprensa, Marília faz o que é esperado dela nas rádios, streaming e plataformas de vídeo. Não que a Anitta faça feio nesses ambientes. Mas, ao aparecer tanto, muitos imaginam que ela é a verdadeira rainha do pop brasileiro. A história, no entanto não é bem assim.

Discos

Anitta tem mais tempo de carreira que Marília Mendonça (que também é dois anos mais nova). A carioca que sempre cita suas raízes populares por ter nascido em Honório Gurgel, zona norte do Rio de Janeiro, lançou o primeiro disco em 2013, mas já era conhecida dos bailes funk da Furacão 2000 desde a adolescência.

Foi só depois de três anos que Anitta estourou com Show das Poderosas que a goiana de Cristianópolis teve a oportunidade de gravar o primeiro álbum.

A comparação de desempenho nas vendas de mídias físicas coloca Anitta em vantagem ao ser comparada com Marília. Enquanto os dois álbuns produzidos pela sertaneja até aqui atingiram 130 mil cópias vendidas, os três de Anitta alcançaram 550 míl unidades comercializadas ao todo.

Youtube x Spotify

Mas a vantagem de Anitta diminui nas plataformas digitais, onde o sertanejo reina absoluto (apesar do funk estar cada vez mais próximo).

Atualmente, na lista dos 100 mais vistos do YouTube, sete brasileiros já conseguem ficar inseridos nesse seleto grupo de grandes ícones musicais.

E o mais bem-sucedido entre eles é Marília Mendonça, 37ª mais ouvida no mundo com 6,8 bilhões de visualizações. Lançada em julho de 2015, a música mais acessada da sertaneja é Infiel, que soma 474 milhões de reproduções.

A marca de 6,8 bilhões de visualizações insere a cantora à frente de Lady Gaga e até Michael Jackson.

Anitta é a 88ª artista mais popular do mundo e a sexta do Brasil no YouTube. E, com a recente carreira internacional, poderá escalar o ranking para uma posição melhor em breve.

Sinal disso é o fato da música mais popular dela ser Downtown (dueto com J. Balvin), de 2017, ouvida 392 milhões de vezes (se somar o lyric vídeo, o número salta para 665 milhões). Ao todo, ela tem 3,9 bilhões de acessos.

Marilia Mendonça e Anitta também são as mulheres mais ouvidas no Spotify no Brasil em 2019. A lista foi divulgada pela plataforma de streaming em 8 de março, para comemorar o Dia da Mulher. A cantora de hits sertanejo encabeça o primeiro lugar e a funkeira, o segundo. 

No ranking, Ariana Grande aparece em terceiro, seguida das duplas Maiara & Maraisa e Anavitória na quarta e quinta posições, respectivamente.

“A marca de 6,8 bilhões de visualizações no YouTube insere Marília à frente de Lady Gaga e até Michael Jackson”

Pelo mundo

Apesar de ter uma carreira internacional, Marília é mais ouvida que Anitta de forma geral. Marília ocupa a posição de número 121 entre os artistas mais ouvidos do mundo ao juntar todas as fontes de pesquisa (iTunes, Apple Music e Spotify). Anitta está em 137ª colocação.

A grande diferença, no entanto, é que o investimento no exterior já rende frutos para Anitta. Enquanto Marília é ouvida apenas no Brasil, a funkeira tem bom desempenho nas paradas de Spotify e Apple Music de Portugal, Paraguai, Cabo Verde, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Argentina, Peru, Panamá, Espanha e, curiosamente, Nepal.

Marília Mendonça é a mulher mais ouvida em plataforma de streams

Nas rádios, Marília também é mais tocada. Segundo a Connectmix, em 2018, ela foi a segunda artista mais ouvida do país, atrás apenas de Gusttavo Lima. Ao todo, foi executada nas emissoras 2, 9 milhões de vezes em 365 dias. Em 17ª posição, Anitta tocou bem menos: 1,4 milhão de vezes.

“Ao todo, Marília foi executada nas emissoras 2, 9 milhões de vezes em 365 dias. Em 17ª posição, Anitta tocou bem menos: 1,4 milhão de vezes”
Além de shows, Anitta lucra como garota propaganda

Além de shows, Anitta lucra como garota propaganda

Brazil News

Buscas e redes sociais

No Google fica clara a questão de Anitta ser uma celebridade maior, enquanto Marília tem mais foco em ser artista. Em média, se busca duas vezes mais pelo nome da funkeira em relação ao da sertaneja no Brasil.

Nos Estados Unidos, a relação de buscas por Anitta é 9 vezes maior do que a de Marília.

No Instagram, Anitta acumula seguidores e encontra uma outra fonte de lucro com publiposts variados para marcas e grifes. Por lá, ela garante 36 milhões de seguidores. Já Marília perde de lavada essa disputa, com “apenas” 16 milhões de fãs. No Facebook, a goiana acumula 4,5 milhões de seguidores e a carioca, 13 milhões.

“Anitta tem 36 milhões de seguidores no Instagram. Já Marília perde de lavada essa disputa, com “apenas” 16 milhões de fãs”

Cachês

No Brasil, a revelação dos valores de cachê não é tão clara como no mercado musical norte-americano. Por aqui, todo levantamento do tipo não pode ser considerado oficial, pois os escritórios não revelam mesmo. Sendo assim, fontes do mercado de contratantes são os informantes mais confiáveis que existem para esse tipo de consulta. E, segundo eles, atualmente Anitta não sobe num palco por menos de R$ 200 mil.

Marília: mais shows e menos presença na mídia

Marília: mais shows e menos presença na mídia

Daniel Pinheiro/AgNews

O faturamento anual da cantora fica na casa de R$ 27 milhões. Isso sem contar outras fontes de receita, já que ela tem acordos de patrocínio e publicidade com onze grandes marcas.

Marília cobra cachê parecido. Mas só durante os dias considerados “ruins” para eventos, como as quartas e quintas-feiras. No fim de semana, esse valor quase dobra e ela cobra até R$ 350 mil.

Num mês com a agenda cheia (cerca de 22 shows), ela pode faturar cerca de 6 milhões. Num ano, contando apenas cachês e projetando agendas parecidas nos 12 meses, o faturamento chega a 72 milhões. O lucro no segmento musical é de cerca de 2/3 do faturamento.

via;R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *