Homem é autuado em R$ 7 mil por tráfico de animais silvestres

Já é a 2ª penalização em dois meses; anteriormente, suspeito foi multado em R$ 19 mil pela PMA

Um homem de 50 anos, que não teve sua identidade revelada, foi autuado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em R$ 7 mil por suspeita de tráfico de animais silvestres, no Bairro Monte Carlo, em Campo Grande.

Conforme registros policiais, já é a segunda autuação em apenas dois meses. Na primeira vez, dia 16 de dezembro de 2021, o homem foi penalizado em uma multa de R$ 19.000,00, por manter 21 pássaros ilegalmente em cativeiro, todos em situação de maus-tratos em várias gaiolas.

O homem está foragido e além do montante em dinheiro, responderá pelo crime ambiental de manter os pássaros silvestres ilegalmente. A pena prevista é de seis meses a um ano de detenção.

Os pássaros foram encaminhados ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), na Capital.

Apreensão – Anteriormente, quando autuado em 2021, a polícia apreendeu 21 espécies, sendo seis canários da terra, quatro coleirinhos, dois curiós, dois sabiás-laranjeira, dois sanhaçus-cinzentos, um pássaro-preto, além de quatro aves consideradas domésticas da espécie canário-belga e várias gaiolas.

Na ocasião, as aves apresentavam ferimentos como sarna, fungos e outros parasitas devido à falta de cuidados, e o criador foi autuado também por maus-tratos.

campograndenews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + catorze =