Com 100% de leitos de UTI ocupados, hospital referência contra Covid em MS alerta para risco de saturação

Todos as 110 unidades estão ocupadas nesta terça-feira.

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), unidade de referência no tratamento contra a Covid-19 no estado, registra nesta terça-feira (24) 100% de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI). Todos as 110 unidades estão ocupadas.

Em razão da situação, divulgou uma nota pública em que alerta sobre a situação da instituição e reafirma que a pandemia de Covid-19 não acabou. Ressalta ainda que as autoridades e instituições de saúde precisam da colaboração da população para enfrentar e vencer o novo coronavírus.

“A Covid-19 está longe de um desfecho, enquanto os laboratórios e governos buscam uma vacina que tenha 100% eficácia, resta a população mundial se ater as medidas preventivas de proteção: Distanciamento social, uso de máscaras, fazer a correta higienização das mãos e, se possível, não sair de casa”, aponta o hospital em um trecho da nota.

Em outro ponto, a instituição destaca que várias medidas preventivas caíram no “senso comum” e já estão em “desuso por grande parcela da população”. O hospital diz que o relaxamento das medidas preventivas por parte dos “governos” e da população fizeram com que houvesse uma “maior exposição ao vírus”, o que levou a superlotação dos leitos críticos e muitas mortes, aproximadamente 500 somente no hospital.

O HRMS diz que está operando acima da capacidade em relação aos leitos de UTI para Covid-19. Cita também que a “Sala Vermelha”, que deveria ser apenas transitória, está lotada aguardando vagas dentro do próprio hospital.

Por fim, apresenta um balanço que detalha que nos últimos 15 dias foram registradas 335 notificações e 24 mortes. Alerta que a saturação do sistema público de saúde “está bem próxima” que os trabalhadores da linha de frente “já sentem o desgaste de 9 meses de trabalho árduo”.

g1/ms

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 9 =