Campo Grande deve adotar uso obrigatório de máscara em ônibus, shoppings e camelódromo

Prefeitura aguarda chegada de R$ 1,3 milhão de máscaras compradas

As máscaras são um importante instrumento de prevenção à transmissão do coronavírus e devem se tornar obrigatórias em alguns locais em Campo Grande. Ônibus e locais fechados onde circulam muitas pessoas, como shoppings, Mercadão e Camelódromo devem adotar a obrigatoriedade.

A informação foi divulgada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante transmissão nas redes sociais nesta segunda-feira (27). O prefeito explicou que a compra de 1,3 milhão de máscaras deve ser entregue aos poucos e está prevista a chegada de 80 mil máscaras nos próximos dias. Marquinhos explica que as primeiras máscaras serão entregues às equipes da saúde pública. 

O prefeito ainda comentou sobre a possibilidade de tornar o uso de máscaras obrigatório. Ele disse que a obrigatoriedade deve ser adotada em alguns locais. 

“Queremos fazer a obrigatoriedade para aqueles que andam no transporte coletivo e em locais fechados. A Prefeitura vai priorizar a distribuição [de máscaras] nos terminais e nos locais onde há circulação de pessoas em local fechado, como os shoppings, o Mercadão, o Centro Comercial Popular (Camelódromo) e até feiras livres”, explica.

midiamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 14 =