Bolsonaro deve anunciar diretor de instituto como novo ministro da Educação

O presidente eleito Jair Bolsonaro pode anunciar ainda nesta quarta-feira (21), Mozart Neves Ramos, diretor do Instituto Ayrton Senna como futuro ministro da Educação. Uma reunião entre ambos estaria programada para esta tarde.

O educador foi sondado na semana passada e aceitou o convite em conversa com o capitão reformado. No passado, foi sondado pelo presidente Michel Temer para o cargo, mas na época recusou.

De acordo com a Folha de São Paulo e o Estadão, a aproximação aconteceu após Bolsonaro demonstrar desejo de ter Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna assumindo a pasta, mas ela refutou em aceitar o cargo.

Mozart Neves tem 63 anos, é educador, escritor e químico brasileiro. Trabalhando como Secretário de Educação de Pernambuco e foi o primeiro presidente-executivo do Todos pela Educação.

Caso seja anunciado oficialmente, este será o 12° ministro escolhido por Jair Bolsonaro. Anteriormente, foram escolhidos: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), General Augusto Heleno (Segurança Institucional), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Sérgio Moro (Justiça), Tereza Cristina (Agricultura), General Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Wagner Rosário (Transparência e CGU), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), André Luiz de Almeida Mendonça (AGU) e Gustavo Bebianno (Secretaria Geral da Presidência).

midiamax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 4 =